terça-feira, novembro 13, 2007


Como há muito não fazia, uma citação! Rosa Ester Rossini começa seu texto científico"A interculturalidade na metrópole: os velhos e novos migrantes internacionais", irrompento o discurso prozaico e perturbando a linguagem formal, com uma poesia. Cita o sociólogo José de Souza Martins no comentário não só à migração, mas às representações e as ressignificações do migrantes que incorpora um novo espaço cultural.

Hoje, ter o coração divido entre dois espaços-geográficos é muito mais que pertinente, é realidade em mim.

"Migrar... é mais do que ir e vir -
É viver em espaços geográficos diferentes...
É ser duas pessoas ao mesmo tempo...
É viver como presente e sonhar como ausente.
É ser e não ser ao mesmo tempo...
É estar em dois lugares ao mesmo tempo,
e não estar em nenhum.
É, até mesmo, partir sempre e não chegar nunca."

José de Souza Martins (MARTINS, 1986:45)